“É 3 de outubro”

“É 3 de outubro”

2 de outubro de 2019 0 Por Equipe do Portal

Sucesso principalmente entre as jovens, o filme Meninas Malvadas completa hoje mais um ano. Não de seu lançamento, afinal, esse se comemora no dia 9 de julho, mas sim do Dia Mundial de Meninas Malvadas. A data surgiu de um dos icônicos diálogos do longa, entre Cady Heron (Lindsay Lohan) e Aaron Samuels (Jonathan Bennett). 

Resultado de imagem para october 3 mean girls

“Na época, foi uma jogada de mestre colocar Lindsay Lohan. Ela estava no ague da fama”, disse Izabella Ravizzini, jornalista de 24 anos. Para ela, a narrativa em primeira pessoa faz com que todo mundo se identifique com o filme. “A história de ser a menina nova na escola, acho que todo mundo já passou por isso. Os diálogos memoráveis, figurinos, absolutamente tudo no filme marcou uma geração inteira”, completou.

Izabella juntou o jornalismo e a paixão pelo filme para realizar uma pesquisa antropológica para a faculdade, onde decidiu trabalhar esta produção por conta das interações entre as personagens. “Apesar de ser uma sátira, tem umas interações muito ricas”. Baseado nisso, o Portal de Jornalismo fez sua própria pesquisa. Entrevistando 196 jovens cariocas de 15 a 19 anos, dos dois sexos, 89.1% afirmou gostar da produção. Confira os números detalhados abaixo:

Felipe Caruso, estudante de 19 anos, é uma das pessoas que já assistiu ao filme mais de quatro vezes. Ele conta que ainda se lembra da primeira: “Eu estava em casa e começou a passar na sessão da tarde, foi em 2014. É típico do gênero teen, mas tem algo a mais”. Uma das razões que torna a obra uma de suas favoritas é o fato de ser simples de assistir, mas bem construída. “O roteiro sabe muito bem os clichês de filme adolescente e consegue brincar com eles”.

Meninas malvadas tem referências cinematográficas de outros filmes de gênero semelhante. A roteirista do longa, Tina Fey, em entrevista para a MTV, afirmou que acredita que os jovens continuam os mesmos que os dos anos oitenta, por exemplo. No entanto, a grande mudança é gerada pela internet: ” As pessoas podem começar um rumor sobre você agora, e isso pode se espalhar muito mais rápido”. Ela ainda explica que a principal mensagem que o filme pretende passar envolve as relações femininas: “Eu acho que diversas vezes nós, garotas, somos nossas piores inimigas, e simplesmente não precisa ser assim.

Lançado em 2004, o filme arrecadou cerca de 129 milhões de dólares. Seu sucesso atualmente se deve ao fato de que muitos de seus bordões se tornaram virais em redes sociais. Entre eles, o mais famoso, é “Na quarta-feira, usamos rosa“, frase que incentiva muitos de seus admiradores a usarem peças da cor nesse dia da semana.

Além do alto valor de arrecadação, o longa conquistou prêmios no MTV Movie Awards. Entre eles o de Melhor Atriz, para Lindsay Lohan, e o de Melhor Equipe, para o quarteto formado por Lindsay, Lacey Chabert, Amanda Seyfried e Rachel McAdams, que ainda foi indicada para o prêmio de melhor vilã, mas acabou perdendo.

Mesmo sem a vitória, Regina George é considerada no Reino Unido a vilã mais malvada de produções com a temática “high school” , segundo pesquisa realizada pela SkyQ. Para a produtora de cinema Marcela Cruz, de 32 anos, Meninas Malvadas é um filme que atravessa gerações e segue se inserindo nas referências de jovens espectadores. “Filmes ou séries sobre questões adolescentes geram processos de afeto com uma parcela do público que não só consome muitos produtos midiáticos mas que também está sempre em busca de novas identificações e formas de expressão”, finaliza.

Reportagem: Bárbara Beatriz Camello e Lucas Pires.