Logos Hope no Rio

Logos Hope no Rio

30 de setembro de 2019 0 Por Pedro Cardoso

A embarcação Logos Hope chegou dia 19 deste mês na cidade do Rio de Janeiro, na Praça Mauá. Com mais de 500.000 livros em seu acervo, o barco biblioteca coloca 5.000 títulos, em português e inglês à venda. O público terá até o dia 6 de outubro para visitar o navio, que parte para Vitória, no Espírito Santo, dia 8.

No quarto piso fica a área destinada à visitação, enquanto os outros andares são para uso exclusivo da tripulação. John Hernandez, um dos voluntários, conta que o navio possui um piso onde ficam estocados os livros reservas, e, no período da noite os funcionários levam esse material ao andar de cima para fazer a reposição da biblioteca.


Logos Hope – 12 toneladas, 21 metros de largura e 132 metros de comprimento
Foto: Yan Lacerda

O local possui diversos tipos de gêneros literários. Lá é possível encontrar livros científicos, infantis, culinários, religiosos, entre outros. Além disso dentro da embarcação ocorrem eventos como exibições, peças teatrais de temática cristã e conferências. 

A GBA (Bons livros para todos, traduzido do alemão, Gute Bücher für Alle) é a ONG por trás dessa iniciativa. Criada na Alemanha a organização comprou o navio com a intenção de promover conhecimento, ajuda e esperança pelo mundo. Este ano Logos Hope comemora 10 anos de funcionamento, durante esse período visitou mais de 150 países e navegou cerca de 100.000 milhas náuticas (o equivalente a dar volta ao mundo 4.5 vezes). Mais de 47 milhões de pessoas passaram pelo navio desde 1970 e já foram vendidos por volta de 8 milhões de exemplares.

Logos Hope conta com cerca de 400 voluntários de 60 nacionalidades diferentes. Eles ficam longe da família por 1 ano geralmente. O colombiano Nicolás Suarez é gerente de mídia do Logos Hope e afirma que: “O mínimo de período de voluntariado é 3 meses, mas geralmente os voluntários se inscrevem pra 1 ano e têm a opção de aumentar para 2 anos”. 

Mais de 10 mil pessoas visitaram o navio desde que foi atracado. A fila dura em média 1 hora, porém no último final de semana, devido ao grande fluxo de pessoas, chegou a 3 horas de espera. Para comprar os ingressos de entrada são necessários R$5. Menores de 12 anos precisam estar acompanhados de adultos e maiores de 65 anos não pagam. Os livros custam de R$10 a R$50, e o espaço funciona de 10h às 20h de terça à quinta, 10h às 21h aos sábados e de 14h às 20h aos domingos.

Reportagem: Pedro Cardoso e Yan Lacerda.