Funcionário do mês de todos os meses

Funcionário do mês de todos os meses

26 de março de 2019 1 Por Equipe do Portal

Na Rua do Rosário, número 76, existe uma loja de suplementos, barras nutricionais e produtos de academia. A loja pertence a Luiz Fellipe Campello, um homem de 34 anos, alto, forte e que chama atenção por sua estatura e simpatia. Mas existe alguém que chama ainda mais atenção. Lotus tem três anos de idade e é o melhor amigo de Luiz. Conquista sem esforço diversas pessoas que passam pela rua, fazendo com que elas esqueçam por alguns momentos a correria do centro da cidade e parem para fazer carinho.

“Ele parece uma pessoa”, disse Gisele Assemany, uma mulher de 51 anos que vai todo dia à loja para vê-lo: “Parece que às vezes ele vai falar com a gente. Eu passo por aqui todo dia e fui criando esse elo, que é inexplicável”. Lotus é um cachorro da raça Starffordshire Bull Terrier. Ele está com Luiz desde os quatro meses de idade e, desde então, um não existe mais sem o outro. Onde seu dono vai, o cão vai junto, seja para o trabalho, para as aulas de crossfit e até viagens: “Se ele não puder ir, eu também não vou. A maior parte do tempo é assim”, conta Luiz.

O cão fica solto, livre para andar por onde quiser. Mesmo assim, nunca sai de perto. É muito apegado ao dono e, quando sai da loja, não chega nem a passar da esquina. É um companheirismo que foi criado de forma espontânea desde o início. Luiz Fellipe pegou o Lotus em uma sexta-feira e, logo no primeiro dia útil, eles já foram juntos para o trabalho.

“As pessoas acham que eu trago ele porque eu quero, mas não, ele vem porque quer vir. Quando eu estou botando a roupa para trabalhar, ele fica na porta. Eu abro a porta e ele sai correndo pelo corredor para ir trabalhar comigo”, afirma Luiz. Fato é que Lotus se tornou um atrativo na loja: “Ele chama o público. É uma coisa fofa que fica ali, a gente pode fazer carinho e dá vontade de entrar”, conta Beatriz Aguiar, de 19 anos, estudante de jornalismo na ESPM.

O dono diz que ele sempre foi muito companheiro e que desde pequeno já ficava sentado na porta da loja esperando as pessoas irem falar com ele. Apesar do adestramento, Luiz garante que é uma característica do cachorro. Essa raça é conhecida por ser dócil e brincalhona. É comum que eles sejam sociáveis com estranhos, principalmente quando estão perto de seus donos. E Lotus é o retrato perfeito da raça.

Luiz conheceu o cachorro através de um amigo veterinário. No mesmo momento que viu a foto de Lotus, quis que fosse seu cão. A escolha do nome foi feita devido ao carro usado por Ayrton Senna em diversas corridas de fórmula 1, que carregava esse nome. Além disso, faz referência à flor de lótus, que significa pureza espiritual.

Com tanto carisma e tantos admiradores, foi criada uma conta no Instagram para o cachorro. O perfil já possui mais de 15 mil seguidores. Luiz Fellipe, que define sua relação com o cão como sendo de pai e filho, adora ver todo esse carinho que as pessoas demonstram por Lotus: “Eu não sei definir, fico paizão total. Acho muito maneiro”.

 

 

Matéria produzida por: Bárbara Canela, Carolina Sampaio, Larissa de Oliveira, Giovanna Villas-Bôas, João Victor Thomaz, Renan Adnet, Yasmim Ribeiro e Yuri Murta

 

Edição: Larissa de Oliveira