III Semana de Jornalismo: Profissão blogueiro

 

Captura de Tela 2016-10-25 às 23.39.06

Fernando Moreira e Gabriela Temer/ Divulgação e Acervo pessoal

Imagine poder misturar suas realizações pessoais com o trabalho do dia a dia? É isso que os jornalistas Fernando Moreira, do blog Page Not Found, de O Globo, e Gabriela Temer, do Juju na Trip, conseguiram realizar. Os jornalistas são os convidados da segunda mesa da III Semana de Jornalismo da ESPM Rio – Jornalismo e blogueiros -, no dia 31/10, no auditório da ESPM, no Centro.

 

Autor do blog Page Not Found há dez anos, um dos campeões de audiência do site do jornal, e autor do livro “Baseado em fatos reais”, Fernando Moreira já atuou em rádio, TV e jornal. No site de O Globo, ele também edita a capa. Ele explica que a criação do blog, com notícias inusitadas, surgiu da tentativa de fugir do noticiário muito massacrante: “A minha ideia é provocar o leitor, mostrar algo que o faça dizer ‘eu achava que já tivesse visto de tudo’, tirá-lo da zona de conforto, mas sem ofender ninguém, sem preconceitos, sem julgamentos”, conta.

 

O nome do blog surgiu pelo fato de ele abranger notícias que não caberiam tradicionalmente no noticiário de O Globo. “Virou uma revista eletrônica que só vai dar espaço para guerra ao terror ou eleições americanas se um viés insólito for detectado”, diz. Ele explica que, normalmente, o blog está à parte do noticiário “hard”. O que ele busca, afirma, são “assuntos de natureza inusitada, bizarra, insólita, curiosa, polêmica e outros adjetivos”. O repórter conta também um pouco dos desafios da publicação das notícias: “não é uma tarefa das mais fáceis, até porque os conceitos de ‘inusitado’, ‘bizarro’ e ‘normal’ variam de pessoa para pessoa”.

 

 

Fernando Moreira, à direita, e Gabriela Temer e família, à esquerda | Foto: Divulgação e acervo pessoal
Fernando Moreira, à esquerda, e Gabriela Temer e família, à direita | Foto: Divulgação e acervo pessoal

 

Autora do Juju na Trip, Gabriela Temer decidiu largar a rotina do dia a dia para vivenciar novas experiências com sua família. Trabalhou durante dez anos no jornal O Globo e, em 2006, decidiu botar o pé na estrada com seu marido, Rico Sombra, fotógrafo subaquático e de natureza, juntamente com a filha do casal, Julia, atualmente com dez anos. “A criação do Juju na Trip fez parte de uma mudança de paradigma na minha vida. Eu trabalhei no Globo por muito tempo, eu adquiri uma experiência enorme, mas era uma quantidade de tempo que, em determinado momento, começou a me incomodar”, conta. “Eu tinha um projeto maior que era estar no mundo com minha família, apresentar um mundo diferente para a minha filha, questionando alguns valores que, acredito, devem ser questionados pela nova geração: qual o tipo de mundo que você quer, se é necessário consumir tanto quanto a gente consome ou se é mais importante um mundo multicultural e tolerante”, explica.

 

A jornalista diz que escolheu o jornalismo pela falta de rotina: “Eu queria uma profissão que fugisse à rotina de escritório, em que eu pudesse desenvolver a criatividade e a proatividade”, comenta. Porém, acredita que, em sua carreira, a presença da redação foi fundamental: “Eu decidi criar o blog e aproveitei toda a expertise que acumulei no Globo, como o texto e os contatos ”. Além disso, o estímulo das pessoas foi um grande impulso para a criação do blog. “Todo mundo me pedia dicas e eu decidi criar o blog sabendo que existia um mercado para isso”, acrescenta.

 

Quando questionados sobre a importância do evento para os estudantes, os dois concordam que é o contato com os profissionais das diversas áreas. “Isso pode orientar os estudantes sobre que  caminho seguir em um leque de opções que está sempre se transformando e se ampliando”, diz Fernando. “Acho que o mais importante para o mercado de trabalho e para o sucesso de qualquer pessoa, qualquer trabalhador, é a troca de ideias e de experiências. Hoje em dia, as carreiras se dividem em várias subcarreiras e subespecialidades e a faculdade tem que preparar os alunos para isso. Acho que a melhor forma para isso é o contato prático com pessoas que estão no mercado e que abriram novas possibilidades”, Gabriela acrescenta.

 

A III Semana de Jornalismo começa na próxima segunda-feira, às 9h, e toda a programação pode ser conferida no evento, e as inscrições podem ser feitas clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *