Veja o que rolou no Rocky Spirit, festival de filmes outdoor

As areias da praia de Ipanema, Zona Sul do Rio, receberam nos dias 24/09 e 1/10 o festival gratuito de filmes outdoor “Rocky Spirit”, que chegou à 4ª edição na Cidade Maravilhosa trazendo curtas-metragem de muita ação sobre esporte e aventura (esta é a 6ª edição desde que o festival foi criado em São Paulo). Além dos documentários, o público também pôde curtir de perto o show do grupo Orquestra Voadora e da banda Suricato.

 

 

14600752_10207455089837208_226473136_o

 

 

Segundo a produtora do festival, Andrea Estevam, o objetivo principal do Rocky Spirit é inspirar as pessoas a buscarem uma vida mais conectada com a natureza e, com isso, incentivá-las a saírem de casa para praticarem atividades.
“O que eu quero é que as pessoas saiam do festival com mais vontade de fazer coisas ao ar livre e serem mais verdadeiras com a sua essência, esse é o meu verdadeiro objetivo.”, afirmou Andrea.

 

 

14537065_10207455088237168_1793096644_o

 

No primeiro dia de apresentação dos filmes, a banda Orquestra Voadora afastou o frio e fez o público pular ao som de clássicos como Tim Maia e Roberto Carlos. Entre os documentários, foram 13 filmes exibidos de diferentes modalidades, com destaque para “De Costa a Costa”, que contou a história emocionante do ciclista brasileiro Cláudio Clarindo e sua última travessia na Race Cross America. Entretanto, por conta do mau tempo, o segundo dia do festival, que iria ocorrer no domingo (25/09), teve que ser adiado para o último sábado (01/10), quando a banda Suricato se apresentou junto com outra sessão de clipes.

 

14572574_10207455054596327_1940056589_o

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Apesar de o tempo ter permanecido ruim, o público compareceu em menor número no segundo dia de festival. O paulista Eduardo Hanna, morador do Rio há seis anos, ressalta a importância de eventos gratuitos como o Rocky Spirit para fomentar a cultura.

 

14599942_10207455035035838_1841640482_o

 

 

“Para mim, tudo que é entregue ao público e que seja um conteúdo cultural e artístico é sempre bem-vindo. Um festival como esse, que envolve formas de arte e de cultura, que são tão importantes para nossa sociedade, está de parabéns”, afirmou Eduardo.
SEIS ANOS DE AVENTURA NO TELÃO

 

 

14550869_10207455056996387_2025998733_o

 

O evento, que existe há seis anos e possui duas edições em São Paulo, conseguiu mobilizar 10 mil pessoas na capital paulista nos dois dias de exibição em 2015. Contudo, de acordo com Andrea, a decisão de trazer o Rocky Spirit para o Rio levou em conta o estilo de vida dos cariocas.”O Rocky Spirit tem tudo a ver com o Rio de Janeiro. A cidade tem uma cultura outdoor muito mais forte do que São Paulo, além de ter muito mais praticantes de atividades ao ar livre também. A gente começou em São Paulo, mas sempre tivemos a ideia de trazer para o Rio”, concluiu Andrea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *